quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

1 não, 2 também não, mas sim 3


Alan Kardec - 19 anos - Avançado proveniente do Vasco da Gama


Airton - 19 anos - Trinco proveniente do Flamengo


Eder Luiz - 24 anos - Extremo/Avançado proveniente do Atlético Mineiro

São estes os reforços que o Glorioso trouxe, para já, do Brasil com vista a melhorar a qualidade do plantel, a todos eles um desejo de muitos sucessos envergando a camisola encarnada.

domingo, 20 de dezembro de 2009

APESAR DO LUCILIO BATISTA

GANHAMOS

SL BENFICA 1-0 FC PORTO



Noite de frio e chuva, o relvado estava em muito mau estado, mas mesmo assim o espectáculo aconteceu.
A equipa do Benfica veio para este jogo com alguns condicionalismos, o que tornava o jogo ainda mais difícil do que aquilo que já era, mas mesmo assim a equipa começou o jogo bastante bem sempre com o sentido na baliza. Os primeiros minutos foram dominados pelo o Benfica e após alguma insistência a equipa chegou ao golo, por Saviola. Após o golo a equipa do Benfica continuou em cima e dominou por completo a 1ª parte. Na 2ª parte o Porto entrou melhor e criou algumas oportunidades de golo, mas nada que Quim não estivesse a altura. Após alguns minutos de dominio portista, Jorge Jesus com as substituições que fez conseguiu equilibrar o Benfica, e a partir daí o Porto não mais conseguiu chegar a baliza de Quim com perigo.
Queria só deixar uma nota final, hoje Jorge Jesus conseguiu vencer o Porto, com muitas baixas na equipa e essencialmente com a pressão de não perder o jogo, algo que nos últimos anos a equipa do Benfica não tem conseguido. Mais importante que tudo foi sentir que a equipa hoje sim esteve "estofo de campeão". VIVA AO BENFICA!

Quim - 8 - Numa noite em que era necessário estar atento, esteve bem.
Maxi Pereira - 8 - Esteve regular, superiorizou ao adversário, apoiou bem o ataque.
Luisão - 7 - Esteve bem, o patrão não facilitou.
David Luiz - 8 - Bom jogo, anulou os adversários e apoio bem o Cesar Peixoto.
César Peixoto - 8 - Grande jogo, anulou quer o Hulk, quer o Varela.
Javi Garcia - 8 - Enorme, como já é costume.
Ramires - 6 - Pareceu-me algo debilitado, mas equilibrou a equipa como lhe era pedido.
Urreta - 7 - Bom jogo, a justificar mais minutos. Com algum trabalho poderá ser enorme.
Carlos Martins - 7 - Bom jogo, esteve bem apoiando mais Javi Garcia do que o ataque, mas hoje era necessário equilibrar o meio campo.
Cardozo - 7 - Bom jogo, muito trabalho e sempre com sentido na baliza.
Saviola - 10 - Excelente jogo, marcou o único golo do jogo, decidiu o clássico e mais do que isso fez um enorme jogo.
Weldon - 6 - Entrou para compensar o desgaste do Urreta, esteve bem, apoiou a defesa e sempre que pode tentou desequilibrar no ataque.
Luís Filipe - 5 - Entrou bem, conseguiu conter o Alvaro Pereira, que começava a ser um perigo.
Felipe Menezes - 4 - Equilibrou o meio campo.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Benfica 2 - 1 AEK Atenas


O ultimo jogo da fase de grupos da Liga Europa, já com o 1º lugar do grupo e apuramento garantido, e ainda por cima em vésperas de jogo com o FC Porto a apresentar uma boa casa, cerca de 25.000 pessoas em que Jorge Jesus decidiu dar descanso a alguns titulares. Devido a doença e lesões, o Benfica apresentou-se com uma equipa alternativa, apenas a apresentar Di Maria como o único dos habituais titulares, muito devido á sua indisponibilidade para o derbi, devido á expulsão com o Olhanense, na jornada passada. Um jogo com alguns momentos mortos, com o AEK, também com uma equipa debelada por doença, a jogar de igual para igual em grande parte da partida. Valeu-nos a habilidade de um jogador em particular, Di Maria, marcador dos dois golos, o segundo dos quais com um pormenor de "génio" a marcar em jeito, e a fazer um grande chapéu ao GR dos gregos, que se não fosse a barra, teria sido o "hat-trick". Queria destacar a grande exibição do Carlos Martins, (jogador que nunca foi meu preferido), que sem jogar há uns tempos, entrou, numa posição que não costuma jogar, e distribuiu jogo, e ajudou defensivamente durante todo o jogo. Outra nota para esse defesa central em ascensão, se lhe derem oportunidade, Roderick Miranda, a fazer um jogo sem falhas.
Pena, só o constatar que falta folgo até ao final do jogo, compreensivelmente por falta de minutos nas pernas dos não titulares, altura em que os Gregos carregaram e marcaram o golo de honra. No final, valeu a vitoria do Glorioso, e o desportivismo dos adeptos gregos, que não se calaram 1 minuto, mesmo a perder! Acreditem, eu estava lá....

Júlio César - 6 - Noite calma, só com duas defesas a destacar, e sem hipóteses no golo sofrido.
Luís Filipe - 5 - com falta de ritmo, a demonstrar a falta de rapidez, ficou para trás em muitos lances.
Roderick Miranda - 8 - jogo sem falhas, futura promessa.
Miguel Victor - 7 - bom jogo do central, a falhar apenas no lance do golo sofrido.
Shaffer - 5 - lateral esquerdo sem ritmo, sem capacidade de explosão, numa noite infeliz.
Carlos Martins - 9 - Grande jogo, sem falhas, defensivamente e a atacar com uma excelente assistencia para o golão do Di Maria.
Felipe Menezes - 6 - Não se destacou, nem como extremo direito, onde alinhou inicialmente, nem como "10", onde terminou o jogo.
Fábio Coentrão - 8 - Grande espírito de sacrificio, bom jogo, a sair ao intervalo por indisposição física, devido a doença.
Di Maria - 10 - Melhor, só o "hat-trick".
Nuno Gomes - 6 - Lento, passivo, nada combativo e sem sentido de desmarcação.
Weldon - 6 - pouco fez como avançado, muitos passes desperdiçados, apenas a valer pelo fisico, na disputa de bola.
César Peixoto - 7 - Entrou para o lugar do Coentrão, e fez um bom jogo pelo lado esquerdo.
Javi Garcia - 6 - Muito apagado, quem sabe a não querer arriscar para o derbi.
Cardozo - 6 - Entrou para o lugar do Nuno, mas pouco apareceu até ao final do jogo.

domingo, 13 de dezembro de 2009

Olhanense 2 - Benfica 2

Nas vesperas de jogarmos com o Porto,calhou-nos o Porto B,perdão,o Olhanense.E, empatamos, o nosso Nuninho ja nos descontos la conseguiu empatar o jogo.Não foi um grande jogo de futebol,principalmente por culpa do benfica em que não conseguiu jogar aquilo que sabe,quer por culpa do olhanense quer por culpa do arbitro.No primeiro remate á baliza do benfica o olhanense fatura,muito por culpa da defesa encarnada.O benfica leva tempo a digerir,porque em toda a temporada nunca conseguiu virar um resltado mas, a partir de um canto marcado por Dimaria,Saviola não perdoa.Quatro minutos depois,novamente atraves de um livre e com um jogador a menos o olhanense volta prara a frente do marcador.E o olhanense vai para o intervalo a ganhar.Na segunda parte a jogar de 10 para 10 foi extremamente dificil ao benfica penetrar na defesa olhanense, a tecnica do autocarro resultou até ao nosso Nuninho fazer aquilo que o Cardozo costuma fazer mas ontem não lhe apeteceu fazer,que é marcar golos.Agora ao arbitro,não foi por causa dele que perdemos o jogo,mas tem alguns deslizes que só por acaso prejudicaram o Benfica.Aquando da primeira expulsão do olhanense,a falta feita a Coentrão é para vermelho direto,não para amarelo,apenas esteve bem na expulsao daquela coisa que puxou os cabelos ao coentrao.
Quim-5-Pouco trabalho e sem culpa nos golos sofridos,com deslizes destes por parte da defesa não á Quim que valha.
Maxi Pereira -5-Devia ter ficado em Lisboa noite muito desinspirada.
Luisão-6-O que fez no fim de jogo, era o que devia ter feito desde principio comandar a parte mais recuada da equipa e atormentar os atacantes adversarios.
David Luiz-6-O defesa que quer ser atacante,inteligente na maneira como se coibiu de ser mais agressivo para com os atacantes adversarios(o amarelo significava não jogar com o Porto).
Cesar Peixoto-4-Apenas devia ter ficado em Lisboa com a Diana Chaves.
Ramires-5-Quando estava a ser um dos melhores em campo a MERDA DO RELVADO tinha que prender os pitons do jogador.Esperemos que a lesão não seja tão grave como as imagens televisivas levam a crer.
Di"Imbecil"Maria-0-Apesar de ser dele o canto marcado para o golo de Saviola,a expulsão é de uma imbecilidade incrivel.Só não leva pontos negativos porque não posso,porque senão levava.
Fabio Coentrão-5-Um bocadinho abaixo daquilo aque nos habituou.
Cardozo-5-Quando as bolas não lhe chegam aos pés ou cabeça ,torna-se dificil marcar golos, a defesa contraria tambem não o deixou respirar.
Saviola-6-Tentou remar contra a mare
Felipe Menezes-5-Entrou para substituir o lesionado Ramires,bem procurou o golo e nada.
Weldon-5-Por vezes foi trapalhão e pouco eficaz mas.... conseguiu por os nervos em franja nos defesas do Olhanense.
Nuno Gomes-10- Nuno golo voltou ,apeasr de ter estado pouco tempo em campo,acabou co o jejum de golos.
Javi Garcia-6-um valor seguro,inteligente .

sábado, 12 de dezembro de 2009

Será que a merda continua...

Escrevo hoje porque me parece que é necessário começar a resfriar os ânimos dos adeptos benfiquistas... Tenho vindo a assistir a um decréscimo de rendimento da equipa, a verificar que as arbitragens começam a ser mais habilidosas e mais importante que tudo, para mim, é verificar que infelizmente a equipa não tem capacidade emocional para gerir os momentos adversos.
Começam a ser demasiados jogos em que a equipa não consegue dar a volta após ficar em situação de desvantagem, a equipa descontrola-se, não controla as emoções, e uma equipa que quer ser campeã, é nesses jogos que tem de o demonstrar. É triste para mim sentir que apesar de termos nesta época até termos jogadores de grande nível, a equipa dificilmente irá chegar ao título. Ainda por cima porque o adversário mais directo começou agora a demonstrar que é de facto o grande candidato ao título...
O que é facto é que neste momento estamos fora da taça de portugal, a taça da liga não é uma competição de grande relevância, a Liga Europa não iremos muito mais longe do que os quartos de final, e no campeonato vamos ver mas parece-me que irá ser muito complicado chegar ao título...
Ou seja a merda continua, muito embora este ano já tenha assistido a alguns jogos de grande nível.
O rumo parece-me ser o correcto, falta é mentalidade vencedora, mentalidade de campeão, coisa que falta ao clube e que espero que recuperem brevemente...

domingo, 6 de dezembro de 2009

Benfica 4 - Academica 0

Quatro apontamentos iniciais que apresentavam apreensão.
1º O regresso dos estudantes à Luz onde tinham vencido nas 2 últimas épocas
2º A falta do pêndulo da equipa, Javi Garcia
3º O cansaço acumulado de uma viagem à Bielorrússia
4º A noite chuvosa, com o relvado pesado e escorregadio
O Benfica apesar de ter marcado muito cedo nunca conseguiu exibir o futebol que nos habituo, muito por culpa de uma Académica que não trouxe o autocarro como outros o fizeram, mas sim um futebol confiante de posse de bola e boa ocupação dos espaços, sobretudo na pressão alta, potenciada pela ausência de Javi Garcia que fazia perder combatividade no meio campo encarnado. A boa exibição dos estudantes aliado a um terreno escorregadio e pesado, prejudicava o futebol de tabelinhas e rápidas transições ofensivas encarnadas e, acabou por ser um lance genial de Saviola a trazer a tranquilidade às águias. Na segunda metade o Benfica foi para cima, o que começa a ser uma imagem de marca dos encarnados -fortes reinícios de jogo-, e acabou por dominar os estudantes construindo o resultado final com naturalidade.
Quatro notas finais.
1º Os mais de 40000 adeptos presentes numa noite fria e de temporal, com transmissão televisiva em canal aberto
2º O patrão Luisão de volta à defesa
3º Hattrick de Cardozo
4º O bom estado do relvado apesar das condições adversas

Quim - 7 - Numa noite de frio e chuva, o pouco trabalho que teve soube estar à altura.
Maxi Pereira - 6 - Algumas hesitações iniciais que foi corrigindo ao longo do jogo.
Luisão - 7 - O seu regresso traz segurança à equipa e, maior qualidade e domínio no jogo aéreo.
David Luiz - 4 - A sua impetuosidade é exagerada, estivesse o juiz atento e seriam duas penalidades marcadas.
César Peixoto - 6 - Um jogo discreto como tem sido seu timbre.
Rubén Amorim - 8 - Sem a combatividade de Javi, compensa com a sua leitura táctica.
Ramires - 7 - Sempre em movimento, esteve alguns furos abaixo do habitual.
Di Maria - 7 - Intermitente, variou muito entre o bom e o mau, assistiu para o quarto golo.
Pablo Aimar - 7 - Mesmo prejudicado pelo terreno, conseguiu pautar o jogo encarnado.
Cardozo - 9 - Três golos marcados dizem tudo da sua exibição.
Saviola - 9 - Simplesmente genial, um golo mágico e uma assistência fantástica para golo.
Weldon - 3 - Entrou para central dos estudantes, disparatado.
Fábio Coentrão - 4 - O terreno não estava à medida do seu futebol.
Nuno Gomes - 4 - Sacrificou-se após a lesão de Amorim, recuando para o meio campo.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

BATE BORISOV 1-2 SL BENFICA

Após dois jogos sem ganhar e sem marcar, este era um jogo em que se pedia que a equipa não falhasse. De facto a equipa esteve a altura do que lhe era exigido, se na 1ª parte lhes podemos apontar alguma falta de acutilância ofensiva, na 2ª parte a equipa entrou com tudo e marcou logo no 1º minuto. A partir daí o Benfica controlou e chegou facilmente ao 2ºgolo. Depois o Bate foi a procura do golo, e aproveitou o relaxamento da equipa do Benfica e reduziu num auto-golo de Miguel Vitor.
De salientar mais uma vez o excelente trabalho que a equipa fez, todos sabem aquilo que têm de fazer, a equipa tem um fio de jogo e isso é mérito do treinador e da restante equipa técnica.

Júlio Cesar - 6 - Pouco trabalho.
Maxi Pereira - 7 - A regularidade do costume.
Miguel Vitor - 5 - Marcou o único golo do adversário, de resto esteve bem.
David Luiz - 6 - Defensivamente esteve bem, demasiada impetuosidade.
César Peixoto - 6 - Jogo regular.
Javi Garcia - 7 - Mais do mesmo, a equipa já não sabe jogar sem ele.
Ramires - 7 - Parece estar a voltar a boa forma.
Felipe Menezes - 7 - Bom jogo, esteve no 1º golo, jogou e fez jogar.
Fábio Coentrão - 8 - Sempre dinâmico no ataque, e marcou um grande golo.
Saviola - 8 - Bom jogo, tentou desequilibrar e marcou.
Cardozo - 6 - Os dois jogos de castigo, retirou-lhe ritmo de jogo e demonstra alguma ansiedade nas decisões.
Pablo Aimar - 5 - Alguns passes falhados, mas a magia do costume.
Di María - 5 - Pouco tempo para desequilibrar, embora tivesse tentado.
Rúben Amorim - 4 - Pouco tempo em campo.

sábado, 28 de novembro de 2009

Sporting 0 - 0 Benfica


Mais um Derby, há muito aguardado, quer por sportinguistas quer por benfiquistas, como já não se via há tanto tempo. Casa cheia, recorde de assistencia com o Sporting a entrar forte, mas a primeira ocasião de perigo pertenceu ao Benfica por Cardoso, duas equipas que povoaram o meio-campo muito bem, com um Benfica algo nervoso, a utilizar algumas vezes o pontapé para a frente, coisa que Jesus não pretende. Uma primeira parte muito faltosa, com algumas faltas feias, com uma tentativa de Pedro Proença de aguentar os cartões até á primeira meia hora de jogo, a ser Polga o primeiro sancionado, e Di-Maria a levar o cartão ao cair da primeira parte, por marcar um livre antes do tempo.
A Segunda parte começa com o Benfica em crescendo, no entanto sem brilho, com as duas equipas muito iguais.
Após os 20 min da segunda parte, o Sporting começou a dominar, e começaram a aparecer os lances de perigo para ambas as partes, com um remate de Miguel Veloso a 35 metros com uma Enorme defesa do Quim, e cerca de 5 min depois, num clássico contra-ataque do Benfica, Di-Maria remata para defesa do Rui Patrício.
Até ao terminar do jogo, houve lances divididos, mas nenhum que pudesse justificar o desfazer do empate.
Um resultado Justo.

Quim - 8 - Duas excelentes defesas, um grande jogo.
Maxi Pereira - 7 - Susteve os ímpetos de Liedson, sem comprometer.
Sidnei - 8 - Sem nada a dizer, substituiu o Luisão na perfeição.
David Luiz - 5 - Muito faltoso, quis subir muito descurando a defesa por vezes.
César Peixoto - 6 - Susteve bem o Vukcevic, mas não participou muito no ataque.
Javi Garcia - 8 - Excelente jogo, como se está a tornar habitual.
Ramires - 6 - Um pouco desajeitado no ataque.
Aimar - 7 - Muito marcado não teve oportunidades de desequilibrar.
Di María - 7 - Sempre dinâmico no ataque, mas algo egoísta por vezes.
Saviola - 6 - Muito desaparecido, foi bem anulado pela defesa sportinguista.
Cardozo - 7 - Muito desapoiado, mas se a bola não chegar lá, não marca.
Rúben Amorim - 6 - Entrou para o lugar do Aimar, fez o mesmo.
Miguel Victor - 6 - Substituiu o Sidnei, lesionado, e não comprometeu
Fábio Coentrão - 7 - Entrou e desequilibrou, como de costume, dinamizando o ataque.

Sporting-Sport Lisboa & Benfica


A cerca de 5 horas para o classico,aqui na caverna do HorgH estamos ansiosos para que o jogo comece e que seja um grande jogo de futebol????Tretas,aqui só queremos um resultado,que o glorioso ganhe o jogo,que seja com a mão,o braço,fora de jogo,não interessa,que o glorioso ganhe......

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Benfica 0 - V.Guimarães 1

Pois é, lá se foi a Taça de Portugal.Com um Benfica adormecido e um jesus ainda mais ensonado, o guimarães la eliminou o benfica da taça.Não vou discutir se o golo do guimarães foi legal ou não,a verdade é que o arbitro o validou e, apesar de estar em desvantagem, o nosso benfica continuou com um futebol fraquinho e inconsequente, com muitas perdas de bola/passe que fez lembrar o benfica de epocas passadas.Não foi um jogo brilhante para ambas as partes, mas o benfica não mereceu ganhar,nem o guimarães mas,como na Taça não há empates,calhou a fava ao nosso benfica,quase irreconhecivel em relação aos jogos anteriores ao Braga.Enfim, que sirva de exemplo a não repetir,tendo em conta que no sabado vamos defrontar os nossos rivais da segunda circular.

Moreira-6- nada podia fazer para evitar o golo e fez uma grande defesa quase no fim do jogo
Rúbem Amorim-6-esforçado, inconformado,mas.....
Sidnei-5-sem ritmo, e foi com muita dificuldade que conseguiu travar o ataque vimaranense
David Luiz-7-assumiu o comando da equipa,mas os colegas de equipa estavam com os fones nos ouvidos e não ouviram
Fábio Coentrão-6- ia marcando,ia.Sentiu algumas dificuldades a travar o avançado vimaranense eia marcando, mas não marcou
Javi Garcia-4- tambem ia marcando,mas não marcou e falhou alguns passes e permitiu o cabeçeamento do golo
Ramires-5- a paragem devido a lesão notou-se,e começou bem mas foi definhando
Aimar-5- o habitual dinamismo atacante ficou um pouco aquem do costume
Di "Calhambeque"Maria-4-voltou as maus velhos tempos
Saviola-5-intermitente sem a qualidade dos jogoa anteriores
Keirison-3-o rapaz lá no brasil pode ser muito bom,mas cá "nas europa" so é bom para o futebol de praia,2 oportunidades de golo,2 azelhices
Weldon-5-entrou aos 67 para substituir Aimar e dar uma frente de ataque ao benfica,teve 2 oprtunidades e falhou
Nuno Gomes-6-entrou demasiado tarde(aos 80) para substituir o keirrison,procurou o buraco da agulha nmas falhou em encontra-lo
Felipe Menezes-7-tambem ele entrou demasiado tarde para acordar o benfica, do pouco tempo de jogo fez um jogão
E,para o ano,há mais.............

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Santa Clara 1 - Benfica 1 (3-5 g.p)

Apresentando-se sem nenhum titular habitual, muitos jogadores com aparições residuais, 1 jogador sem minutos oficiais, 4 jogadores dos juniores, 2 proscritos e as habituais experiências nestas ocasiões, seria difícil que se assistisse a um bom jogo por parte do Benfica esta noite, ainda assim, a 1ª parte foi razoavelmente agradável, demonstrando que a mensagem é bem compreendida no balneário, a 2ª parte foi mais fraca, com as substituições e o elevado deteriorar do relvado a prejudicar o futebol. Para a história fica a conquista do 6º troféu não oficial esta época e, a esperança que oficialmente se cumpra este habito.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Robert Enke



Deixaste o nosso espaço físico por razões que só tu as conhecerás, mas para sempre perdurarás nas nossas memórias, como um menino que se fez grande no nosso estádio.
Descansa em paz.
Obrigado.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Benfica 1 - Naval 0

Ufa!!!
Foi uma vitória arrancada a ferros, num jogo muito difícil e importante por tudo o que se passara no fim-de-semana, onde os opositores directos tinham perdido pontos. Mas se esta noite não houve goleada (estamos a ficar mal habituados), não foi por o Benfica ter jogado mal, aquilo que se passou na Luz foi um estacionar, não digo do autocarro, mas de um grande navio à frente da baliza da Naval, aliado a isso uma e exibição do outro mundo do guardião francês Peiser. Podia ter sido uma noite de desilusão, mas não o foi porque o golo surgiu no minuto 89, premiando a equipa que tudo fez para ganhar, correu até à exaustão, bem visível no último quarto de hora, acumulou 72% de posse de bola e viu os postes travarem o golo por duas ocasiões. Palavras para quê.

Quim - 6, sem trabalho nenhum
Maxi Pereira - 7, foi acutilante no ataque, a defender denotou alguns movimentos fora do tempo
Luisão - 7, o pilar que se conhece
David Luiz - 7, numa noite de pouco trabalho, podia ter arriscado mais nos desequilíbrios ofensivos
Fábio Coentrão - 7, tem fragilidades defensivas mas entrega-se ao jogo com alma
Javi Garcia - 9, sem palavras, decidiu o jogo mas, sobretudo, perante a nulidade adversária ter jogado quase como médio ofensivo que desequilibrou
Rúben Amorim - 7, entrega máxima, cumpriu tacticamente, mas pouco fulgor
Di Maria - 8, nem tudo correu bem, mas foi dos seus pés que saíram as grandes jogadas de perigo
Pablo Aimar - 7, um maestro mais discreto esta noite, ainda assim, não larga a batuta
Saviola - 8, o pequeno genial é o centro de quase todos os movimentos ofensivos da equipa, sentiu algum cansaço
Nuno Gomes - 6, o capitão esteve pouco dinâmico no regresso à titularidade
Wéldon - 5, animou um pouco o ataque
Keirrison - 4, nada acrescentou ao jogo
Felipe Menezes - 3, pouco tempo para se mostrar

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Everton 0 - Benfica 2

O Glorioso viveu mais uma grande noite europeia, em solo inglês, num regresso após 4 épocas à cidade de Liverpool, para vencer pelo mesmo resultado de então, mas desta vez o clube vergado foi o rival Everton. Foi uma exibição bastante personalizada, mantendo quase sempre o controlo do jogo, exibindo o habitual carrossel ofensivo e uma grande segurança defensiva, com um pressing alto que manteve os ingleses afastados da área encarnada. O Benfica respondeu muito bem ao desaire da Liga Sagres, demonstrando que esta época a equipa tem um principio de jogo, uma ideia de jogo e que se por vezes os resultados não são os melhores, isso se deve ao mérito adversário ou a uma noite mais infeliz. Foi uma grande noite que serviu para recuperar e cimentar prestigio e, já agora para arrecadar mais uns euros para os cofres da Luz.
A análise individual.

Júlio César - 8 ,  uma noite de pouco mas de trabalho de qualidade, com duas excelentes intervenções, a rever o jogo de pés
Rúben Amorim - 8 , como lateral estava a fazer um jogo razoávelzinho, mas fez um jogo enorme como médio, simplesmente, fantástico
Luisão - 9 , mais uma grande exibição do nosso patrão, simples e eficaz
Sidnei - 7 , um bom regresso à titularidade, umas pequenas falhas que não mancham uma exibição positiva
David Luiz - 7 , os erros que já lhe são sobejamente reconhecidos quando joga a lateral estiveram lá, mas a exibição foi positiva
Javi Garcia - 9 , é difícil não nos repetir ao falar das suas exibições mas, a realidade é que é absolutamente espectacular o seu jogo posicional, permitindo inúmeras recuperações de bola
Ramires - 8 , excelente exibição, é outro que não sabe jogar mal, uma formiga incansável que só quebrou perante a violência inglesa
Di Maria - 7 , excelentes arrancadas sempre destemidas, contudo sentiu um pouco o facto de ter muitos "observadores" no jogo
Fábio Coentrão - 7 , não esteve muito atrevido no ataque mas foi muito eficaz tacticamente
Cardozo - 8 , um jogo ao seu estilo, pastelão parece passar ao lado do jogo, jogando num ritmo diferente dos colegas, de repente, fabulosa desmarcação para Di Maria e o golo habitual
Saviola - 9 , o seu trabalho dentro de campo é fantástico, a forma de procurar espaços e dar espaços aos colegas, a velocidade imprimida ao jogo, a qualidade de passe e o instinto do golo, muito bom
Maxi Pereira - 7 , o guerreiro de sempre chegou para esconder umas pequeníssimas falhas
Aimar - 7 , a forma como fala com a bola só está ao alcance dos predestinados
Felipe Menezes - 3 , muito pouco tempo em campo, apenas para manter o resultado

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

SC BRAGA 2-0 SL BENFICA

Noite de grande entusiasmo, em que estava em disputa o 1º lugar do campeonato e tinha ainda o aliciante de quem vencesse poder descolar também do FC Porto.
O jogo começou vivo e com o Braga a tomar conta do jogo, conseguiu anular as saídas rápidas do Benfica e com calma iam chegando a área do Benfica. Aos 7m na cobrança de um livre, Hugo Viana com um forte remate surpreendeu Quim, que tentou fechar o 1º poste e a bola a entrar com violência no ângulo contrário. A partir dai o Benfica assumiu o controlo do jogo e poderia ter chegado ao golo, primeiro por Ramires e depois por Di Maria, mas Eduardo opôs-se sempre com qualidade. O Braga desde o golo que jogou sempre no contra-ataque e por duas vezes poderia ter dilatado o marcador, 1º por Mossoró e depois por Alan. Na 1ª parte ainda registo para um golo, na minha opinião mal anulado, visto que se Jorge Sousa marcou falta por agarrão de Cardozo a Leone, muitos penalty há-de marcar até ao final da época, não sei mesmo se não terão ficado alguns por marcar, mantendo o critério...
Na 2ª parte começou manchada pela expulsão de Cardozo e de Leone, e com isso o espectáculo na segunda foi mais pobre, a equipa do Benfica sentiu a ausência da referência na área e nem com a entrada de Keirrison ajudou. Apesar de tudo o Benfica lutou e poderia ter mesmo chegado ao empate, mas ontem não era a noite do Benfica e quando nada fazia prever o Braga sentenciou o jogo com o 2º golo. A partir daqui a equipa do Benfica jogou mais com o coração do que com a cabeça e não mais conseguiu chegar com perigo.

Quim - 6 - Regular, Sem culpas nos golos sofridos, e com algumas boas defeses.
Maxi Pereira - 7 - Bom jogo, muita luta, muita vontade mas pouco discernimento no último passe.
Luisão - 7 - Regular, não comprometeu.
David Luiz - 7 - Jogo regular.
Fábio Coentrão - 6 - Não é a sua posição, apesar de não ter comprometido fez a falta que deu o 1º golo.
Javi Garcia- 7 - Muito regular, uma pedra imprescindível no meio campo, mas que tem de controlar a sua impetuosidade.
Ramires - 5 - Jogou de sacrifício, pena estar ligado ao 2º golo do Braga.
Di Maria - 7 - Bom jogo, foi dos mais inconformados, mas ainda precisa de crescer.
Aimar - 6 - O Braga soube anula-lo e a equipa do Benfica ressentiu-se.
Saviola - 7 - Tentou, lutou mas não conseguiu.
Cardozo - 1 - Não sei o que se passou, mas se foi expulso é porque deve ter feito alguma coisa. Não é admissível, comprometeu a equipa.
Keirrison - 4 - Continua á procura do seu espaço, ontem poderia ter agarrado a oportunidade, mas esteve longe de ser uma alternativa.
Ruben Amorim - 4 - Entrou tarde no jogo, nada trouxe de novo.
Weldon - 4 - Nada acrescentou ao jogo.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Benfica 6 - 1 Nacional

Enfim... mais um jogo á Benfica, como nos têm vindo a habituar, e com uma concretização destas, com 17 golos nos últimos três jogos, não sei.... Venha o Braga!
Quanto ao jogo desta noite, o Nacional a bater-se de igual para igual, com alguma dificuldade da parte do Benfica em implementar o domínio no jogo. O Cardoso iniciou o seu 1º "Hat-Trick" na Liga aos 17 min , com o Nacional a empatar passado 10 min.
Passamos para a frente do marcador aos 40 min por saviola, resultado que chegou ao intervalo.
Após o 3º golo por Cardozo, o Nacional que até aí até se estava a aguentar, foi abaixo, pelo que os golos foram sucedendo. o 4º aconteceu por Saviola, que bisou e foi o melhor jogador em campo, o 5º pelo nosso Capitão Nuno Gomes, para contradizer as "más línguas", e o 6º novamente pelo Cardozo, a completar o Hat trick.
Já o disse mais que uma vez, mas a característica que mais me agrada no nosso Benfica, nem é o marcar 5 e 6 golos em cada jogo, mas a capacidade de ir atrás da bola até ao minuto 90, mesmo quando o jogo já está assegurado, e a capacidade com que a equipa coloca no campo tudo o que é ensaiado durante os treinos.
Um grande VIVA para a equipa técnica de Jorge Jesus, por pôr o Benfica a jogar como não víamos há muitos e muitos anos.
Altura das pontuações:
Quim - 7 - Com uma grande defesa, e sem culpas no golo sofrido, sem grande trabalho.
Maxi Pereira - 7 - irrepreenssivel, para variar, tanto a atacar como a defender.
Luisão - 7 - O nosso pilar defensivo, sem falhas.
David Luiz - 8 - Grande dupla com Luisão, e muito interventivo no ataque.
Fábio Coentrão - 9 - Jogou onde não está habituado (lateral esquerdo a substituir César Peixoto, lesionado no aquecimento), e correspondeu de uma forma brilhante com 2 assistências para golo.
Javi Garcia - 7 - Muito regular, uma pedra imprescindível no meio campo.
Ramires - 7 - Muito bom jogo, só faltou o golo.
Di Maria - 8 - Mais um belíssimo jogo, o entrosamento com Aimar cada vez melhor.
Aimar - 9 - Grande jogo, só faltou o golo (para ajudar na Liga Record!!).
Saviola - 10 - 2 Golos, Jogo Brilhante.
Cardozo - 10 - Hat Trick, o nosso goleador, com 11 Golos na Liga.
Ruben Amorim - 7 - Entrou para dar descanso a Saviola, e correspondeu.
Carlos Martins - 6 - Entrou e lesionou-se, nem 5 min. esteve em campo.
Nuno Gomes - 8 - O nosso Capitão, entrou e marcou.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

BENFICA - 5 EVERTON - 0

Este era o jogo mais aguardado do nosso grupo,o glorioso ia defrontar os papões do grupo.Pois o papão enfiou o rabo entre as pernas e fugiu.Com uma primeira parte em que o benfica dominou e marcou cedo e , não fazia prever um verdadeiro show de bola que deu no reatar da segunda parte.Mas vamos por partes, a primeira parte decorreu com dominio quase absoluto,com um golo de Saviola aos 14 minutos, o que cimentou a estrategia de jesus e de alguma forma apazigiou o subconsciente da nossa equipa.Com o intervalo, jesus refinou a estrategia global da equipa, que resultou em cheio com quatro golos e dominio absoluto do jogo.O que dizer mais do jogo?Foi uma noite em que tudo correu bem( e os jogadores fizeram para que corresse bem) ,a ver vamos nos proximos jogos.Daqui a quinze dias vamos á terra do bicho papão e, vamos ver como as coisas
correm.

Julio Cesar- 7 - Com algum trabalho até ao nosso primeiro golo,depois passou quase a ser um espectador.
Rúben Amorim-7- Na primeira parte não avançou muito no terreno e tinha pele frente um dos poucos jogadores ingleses que ainda dava luto.Na segunda parte com o a progressão do marcador, aventurou-se um pouco no ataque.
Luisão -8- Estava danado para marcar um golo,logo aos cinco minutos, um cabeceamento a razar o poste ingles.Não acnteceu aos cinco, aconteceu aos cinquenta e dois,marcando o quarto golo da equipa.foi seguro a defender e a apoiar o ataque,marcou um golo.Nada mau para um defesa.
David Luiz -8 -Apesar de ter exagerado um pouco na forma como defendeu ,recorrendo em excesso á falta,com o avolumar do resultado,David participou mais no ataque e, tem algum merito no ultimo golo do Glorioso.
César Peixoto -7- Teve uma exibição positiva,o ingles que estva a marcar,não estava lá,o que facilitopu em muito a noite de Cesar.
Javi Garcia -8-Com inicio um pouco dificil,que ao longo do jogo tornou facil e facilitou o jogo aos avançados.Grande jogo.
Di "Ferrari" Maria -9-Neste jogo, Di Maria,parecia um verdadeiro formula1 em campo,a defesa inglesa não teve qualquer hipotese,fez 3 assistencias para golo,mandou um missel á trave.Só faltou o golo.
Aimar - 7- Uma primeira parte dificil,mas na segunda parte assumiu as redeas á bola e esteve em dois dos golos.Apenas um senão,em grande parte do jogo estava só "virado" para Saviola.
Ramires -7-Apenas durou 20 minutos,altura em que foi atropelado pelo Distin, a partir daí,jogou condicionado.Apesar de jogar"condicionado" ainda teve um grande remate aos 38 minutos e participou no colectivo.
Cardozo -9-Uma primeira parte algo apagada,a defesa inglesa não deu abebias para Cardozo facturar.Agora,na segunda parte foi totalmente diferente, em tres minutos dois golos e falhou o terceiro golo nas barbas do guarda redes ingles ,magnifico jogo.
Saviola -9- Abriu o contador e fez questão de o fechar.Magnifico jogo,fez fez gato e sapato da defesa inglesa,marcou dois golos .
Carlos Martins -5- Com a victoria quase garantida,Carlos substitui Aimar,cumpriu as ordens de Jesus,e ainda tentou a sorte de longe aos 74 minutos.
Fabio Coentrão -5- Substitui Cardozo,e brincou um pouco demais com a bola.
Weldon -4-Quase não teve tempo para jogar,substitui o melhor jogador em campo.Nada a assinalar.
Segundo as informações oficiais estiveram na CATEDRAL DA LUZ 44534 espectadores efoi uma verdadeira noite europeia,com golos e espetaculo.Que venha o proximo.....

sábado, 17 de outubro de 2009

Monsanto 0-6 Benfica

O inicio da caminhada na Taça não poderia ter sido melhor, mesmo com alguns jogadores que não habitualmente titulares, a equipa demonstrou o bom momento que atravessa. A equipa adversária de facto não era muito forte, raramente conseguiu chegar a área do Glorioso, e mesmo quando o conseguiu foi inconsequente, apenas um remate a meio da 2ª parte colocou Moreira em sentido. Gostei particularmente de Filipe Menezes, ainda demonstra alguma falta de ritmo, mas em certos momentos demonstrou ser um bom jogador no último passe. De resto, tenho a salientar a confirmação do bom arranque de época de Fábio Coentrão, hoje finalmente conseguiu chegar ao golo.

Moreira - 6 - Pouco trabalho, mostrou estar atento quando foi necessário.
Ruben Amorim 7 - Apesar de não ser o seu habitat, cumpre na perfeição.
Sidnei 7 - Esteve bem, nada a apontar.
David Luiz 7 - Embora as vezes faça algumas jogadas sem sentido, é de facto um grande central.
César Peixoto 6 - Consegue cumprir a posição, mas acaba por muitas vezes ser inconsequente, exagera demasiado nos dribles, em vez de optar por cruzar, como lhe é exigido.
Javi Garcia 7 - Extremamente eficaz, pena a impetuosidade que coloca nas jogadas, acabando quase todos os jogos por ver o cartão amarelo.
Carlos Martins 9 - Um médio marcar 2 golos, não é muito normal, apesar disso por vezes os seus passes são imprecisos.
Fábio Coentrão 9 - Pela entrega que vem demonstrando durante esta época e por hoje jogando contra um equipa inferior, nunca ter assumido um atitude de superioridade. Excelente jogo.
Felipe Menezes 8 - Esteve muito bem no 1º golo do jogo, e uma boa assistência para o 3º golo. Penso que poderá vir a ser muito útil.
Weldon 6 - Tentou dar velocidade ao ataque, mas o último passe teimou em não sair.
Nuno Gomes 6 - Fez aquilo que lhe é conhecido, abrir espaços e fazer tabelas com os companheiros, jogo normal.
Saviola 8 - O pouco tempo que esteve em campo, foi suficiente para marcar e dar a marcar. Bom jogo.
Mantorras 5 - Jogou 30m pouco fez, mas animou a claque.
Miguel Vitor 4 - Pouco tempo para demonstrar o seu valor.

Queria ainda deixar uma nota para este Benfica, tem sido bastante positivo ver a equipa a jogar, principalmente porque notamos que mesmo com adversários teoricamente mais fracos a equipa não relaxa. Espero que assim continuem...

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Paços Ferreira 1 - Benfica 3

Grande vitória.
Não foi pela exibição produzida, aliás a Mata Real é um daqueles campos onde é difícil praticar bom futebol, mas foi sobretudo por que são estas vitórias que definem da possibilidade de uma equipa ser campeã. Campo tradicionalmente complicado, condições atmosféricas adversas, ausência de peças basilares no onze encarnado, cansaço de um jogo a meio da semana e, adversidade psicológica após uma derrota, tudo isto seria uma mistura perfeita para o falhanço, tal como tem acontecido nas últimas épocas. Desta feita não o foi. O Benfica construiu o resultado na primeira parte, aproveitando a 2ª para rodar mais um jogador (Felipe Menezes), acabando por ser uma segunda metade de grande sacrifício. Sacrifico acabou por ser a palavra de ordem em toda a exibição encarnada, que se entregaram à luta sem excepção, com o único objectivo da vitória.


Quim 7 - Afirmou presente sempre que foi chamado a intervir
Ruben Amorim 7 - O melhor exemplo do espirito de sacrificio
Luisão 7 - Sobrio e eficaz como sempre
David Luiz 7 - Insiste em jogadas sem sentido, com menos floreados teria estado melhor
Shaffer 6 - Por vezes comete umas argoladas, por não estar dentro do ritmo europeu
Javi Garcia 7 - A eficácia reconhecida
Ramires 6 - Algumas perdas de bola estranhas, como no golo do Paços
Fábio Coentrão 7 - A irreverência que se lhe conhece
Carlos Martins 8 - O regresso em grande, 1 golo e 1 assistência
Saviola 6 - O campo não lhe era favorável
Cardozo 7 - Começa a ser dificil acabar um jogo sem facturar
Felipe Menezes 6 - O campo não o ajudou mas compensou com o trabalho defensivo
César Peixoto 4 - Acho que ainda não assimilou o Benfica
Weldon 4 - Ainda quis espevitar os acontecimentos

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

AEK 1 - Benfica 0

Em mais uma jornada da nova Liga Europa, o nosso Benfica apresentou-se apático, uma pálida imagem do Benfica a que Jorge Jesus nos tinha vindo a habituar. Com uma primeira parte em que a posse de bola pertenceu maioritariamente ao nosso Glorioso, em que o AEK apenas aparecia com algum perigo, sempre pelos pés de Blanco, quando ao fechar do pano da 1ª parte, aos 43 min, os Gregos adiantam-se no marcador, muito contra a corrente de jogo.
A segunda parte, quando se esperava um crescer do Benfas para dar a volta ao resultado, eis que a equipa volta mais apática, com um crescendo por parte dos Gregos, motivados pelo golo marcado mesmo ao intervalo.
Um Benfica muito estático, com os passes a não sair bem, enfim, um jogo a não repetir, talvez mais por demérito do Benfica, do que pela superioridade do AEK, que não se mostrou ao longo do jogo.
Aqui vão as pontuações:
Julio Cesar - 7 - Talvez o jogador que deva levar maior pontuação, com 3 boas defesas e sem culpas no golo sofrido.
Maxi Pereira - 6 - Noite desinspirada, muito estático, com algumas boas subidas, mas sem entendimento com Ramires.
Luisão - 3 - Trapalhão, e na minha opinião com grandes culpas no golo do AEK.
David Luiz - 4 - Ultrapassado muitas vezes no 1 para 1, comprometeu nalguns lances.
César Peixoto - 4 - Pesado, sem subir como o seu companheiro do outro extremo, mas eu sou suspeito, não o acho jogador para o Benfica.
Javi Garcia - 5 - Um pouco mais apagado do que o habitual, ainda assim sem comprometer.
Ramires - 6 - Tentou, tentou, a cometer muitas faltas e passes falhados, ainda assim, ficou a raça.
Di Maria - 7 - O elemento mais inconformado na equipa, com dois remates de relevo, um dos quais ao poste.
Aimar - 6 - Muito longe das exibições com que nos tem brindado, talvez porque foi bem marcado.
Saviola - 5 - Sem inspiração, e muito atrapalhado.
Cardozo - 6 - Muito pesado, ainda assim com alguns dos seus cabeceamentos "trademark", mas hoje não entrou nenhum.
Fábio Coentrão - 5 - Entrou bem, mas hoje desinspirado nos cruzamentos e livres.
Weldon - 4 - Inconformado, não alterou muito ao jogo.
Nuno Gomes - 4 - Entrou a substituir o apagado Aimar, mas sem relevância para o jogo.

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Já não há vergonha

Porque carga de água é que aquelas inteligencias do conselho de arbitragem nomearam o Duarte Gomes para o jogo do dragão?Será que perderam a vergonha?Sabendo que o arbitro na epoca passada fez o que fez no mesmo jogo com o Porto?Será que não existem outros arbitros.Falando curto e grosso, é o deboche total.E no proximo encontro do porto com o nosso Benfica vai ter de certeza absoluta um arbitro que vai influenciar o resultado final.E mais outra,vemos agressões passarem impunes pelos arbitros e que o conselho de disciplina a demorar meses para castigar os jogadores,agora com o Paulo Bento não demoraram mais de 48 horas para o castigarem????O Homem só disse o que lhe ia na alma,demostrou o descontentamento pelo "Trabalhinho" do arbitro.Se fosse dirigente do Sporting todos os funcionarios do clube (jogadores e tecnicos) só falavam pra Flash interview no fim da epoca.Mas aquele clube do norte é tão forte,tem uma equipa de jogadores de nivel universal(mundial é pouco) e só conseguiu ganhar ao Sporting (Que jogou grande parte do jogo só com 10 jogadores) por um golo .enfim...................

domingo, 27 de setembro de 2009

S.L.Benfica 5 - Leixões 0

O leixões levava a lição bem estudada,desde o primeiro minuto o forte da equipa ia ser a compomente de destruir o jogo do adversario, ser ter a minima intenção de atacar a equipa adversaria.Defender o empate a todo oi custo,só que....um jogador do Leixões deitou tudo a perder.De seu nome Pouga,e não ,não é o do sporting,que em menos de 5 minutos levou 2 cartões amarelos (merece as orelhas de burro do encontro) e consequente expulção.E a partir daí com menos 1 jogador o Benfica intensificou ainda mais o seu poderio atacante,com o Leixões a recuar ainda mais no terreno.Era só uma questao de tempo até o Benfica marcar, o que aconteceu já nos descontos,desta vez o David Luiz acertou na baliza certa.Na segunda parte ,o dominio do Benfica continuou absoluto e, era uma questão de tempo para o dilatar do resultado.O que aconteceu com mais uma burrice da defesa do Leixões,com um penaltie e consequente expulsão de mais um jogador.E Cardozo não desperdiçou.Ate ao fim do jogo assistiu-se a um dominio avassalador do Benfica,e o Leixões a tentar remendar a manta de retalhos que era a sua defesa e o resto dos golos aconteceram naturalmente.No fim Benfica 5 leixões 0.

Quim- 7- pouco trabalho
Maxi Pereira - 9 -impecavel, em 2 remates indefensaveis, um golo
Luisão - 6 - orelhas de burro por causa do cartão amarelo
David Luiz - 8- desta vez acertou na baliza certa,e foi um golo fundamental para deitar abaixo a defesa do leixões
Cesar Peixoto - 7- certinho,mas com algumas distrações
Javi Garcia -9 - é um espetaculo ve-lo jogar,recebeu merecidamente a ovação da noite quando foi substituido.
Ramirez - 7- marcou um golinho e ate experimentou nova posiçao em jogo
Di "Ferrari" Maria -8- o nosso "blide"lá deu umas voltinhas á defesa do leixões
Aimar -9- O artista esteve um pouco tenso na 1 parte mas na segunda la se
emendou e jogou aquilo a que nos tem habituado,é um fora de serie ,de porcelana mas fora de serie
Saviola - 7- um pouco distraido
Cardozo- 9- E já la moram mais 2 golos
Fabio Coentrão -8- entrou para substituir Javi e ,fe-lo muito bem , é dele o centro para o quinto golo
Rubem Amorim -6-substitui Aimar e cumpriu a sua missão
Nuno Gomes -7- Substitui Saviola e tambem cumpriu
E numa epoca em que os estadios andam vazios,é de louvar que a nossa Catedral teve 44283 espectadores.

domingo, 20 de setembro de 2009

União Leiria 1-2 SL Benfica

Noite de alguma tensão depois do grande rival ter perdido pontos, era importante não desperdiçar a oportunidade de ganhar algum avanço. O Benfica entra muito bem no jogo e chega rapidamente ao golo, com Saviola a aparecer muito bem na área. O Benfica marca cedo e demonstra uma vontade muito grande em ganhar o jogo. Durante 15m o glorioso dominou claramente o jogo, alguns lances de perigo, com o Benfica sempre a tentar chegar a baliza adversária. Quando ninguém esperava, o Leiria empata com um auto golo de David Luiz. Até ao intervalo não houve grandes lances de perigo, embora o Benfica tenha sido a única equipa a querer chegar ao golo.
Na 2ª parte, esperava-se um Benfica diferente, só que o Leiria demonstrou ter a lição bem estudada, sempre com 7 a 8 homens atrás da linha da bola, dificultando o futebol rápido e agressivo do Benfica. Coube ao Leiria o 1º lance de perigo da 2ª parte, com Kalaba a desperdiçar na cara de Quim. Este lance parece ter acordado o Benfica que começou a pressionar mais e viria a conseguir chegar ao lance da vitória, com uma grande penalidade que para muitos deve ter deixado alguma azia. O que é certo é que o Benfica venceu, nem sempre se pode golear, mas o que é facto é que a atitude deste Benfica é muito positiva. Uma palavra para Jorge Jesus, que tem feito um trabalho muito bom e hoje não teve medo de apostar e colocar em jogo 3 pontas de lança, deixando ainda Aimar e Di Maria.

Quim - 7 - Pouco trabalho, esteve seguro quando foi necessário.
Maxi Pereira - 6 - Muita luta, mas ainda longe da sua melhor forma.
Luisão (cap) - 8 - Imperial, é o patrão desta defesa.
David Luiz - 6 - Se não fosse o lance do auto golo, teria sido outra grande exibição. Temos uma grande dupla de centrais.
Shaffer - 6 - Discreto, tentou sempre acompanhar o ataque, por vezes ataca demasiado e deixa a retaguarda desguarda.
Javi Garcia - 8 - Excelente exibição, cada vez mais importante neste Benfica, é a primeira barreira, peca pelo excesso de entrega ao jogo, que lhe vale por vezes uns cartões amarelos.
Ramires - 6 - Hoje esteve um pouco em baixo e a equipa ressentiu-se disso.
Aimar - 7 - Grande exibição, procurou sempre levar a equipa para a frente, criando espaços, embora hoje o adversário estivesse demasiado fechado na retaguarda.
Di María - 7 - Este Di Maria é diferente para melhor, tem sido o grande desequilibrador no ataque, hoje nem sempre conseguiu, grande lance no final com N.Gomes a ficar perto do 3-1.
Saviola - 8 - Novo golo, o homem que veio acabar a carreira no Benfica, para já tem demonstrado que é muito útil a equipa.
Keirrison - 5 - Muito discreto, continua longe de ser uma opção ao Cardozo, sem lances de golo eminente e com pouca intervenção no jogo. Creio que estará a ambientar-se a nova realidade.
Cardozo - 6 - Pouco se viu é certo, mas quando foi necessário marcar o penalty, desta vez não falhou.
Nuno Gomes - 5 - Entrou bem, poderia ter marcado e sentenciado o jogo, de resto esteve bem.
Ruben Amorim - 4 - Entrou para dar novamente a consistência ao meio campo.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Benfica 2 - BATE Borisov 0

O Glorioso iniciou a sua prestação na fase de grupos da Liga Europa, com uma vitória sobre os bielorrussos por duas bolas a zero, não foi um grande jogo por parte dos encarnados mas a vitória no jogo nunca esteve em discussão. JJ apresentou algumas novidades no onze e, apesar de uma quebra na intensidade das dinâmicas de jogo, o que é facto é que a forma de encarar a partida não sofreu alteração. O treinador encarnado, deu mais uma demonstração da sua total confiança nos seus jogadores, ao promover a rotação do plantel e, os jogadores corresponderam com o seu empenho. Com uma 1ª parte ao estilo que o Benfica tem habituado os seus adeptos esta época, na 2ª parte limitou-se a gerir o resultado, tendo surgido algumas desconcentrações defensivas. O Benfica confirmou, novamente, que esta época subiu para um novo patamar de exigência, quer a nível de objectivos com a nível exibicional. Os nossos homens individualmente estiveram,

Julio César - 5 - Uma noite de estreia com poucas mas boas intervenções, apenas uma mancha sem importância.
Maxi Pereira - 7 - Saudoso regresso, o uruguaio é incansável, um verdadeiro jogador à Benfica, excelente trabalho no 1º golo.
Luisão - 6 - A habitual bitola, discreto, seguro e eficaz, limpou toda a sua zona sem mácula.
David Luiz - 6 - Mais exuberante que o seu mestre, revela que é um bom aprendiz.
César Peixoto - 5 - Uma exibição com mais altos que baixos, procurou corresponder o melhor possível às exigências de JJ.
Javi Garcia - 6 - Começou algo desconcentrado no capitulo do passe, manteve a sua eficácia no aspecto defensivo.
Ramires - 7 - É sem sombra de dúvida um grande jogador, parece estar em toda a parte, até cansa só de ver.
Di Maria - 6 - O imberbe argentino, não tem medo de ter a bola nos pés, por vezes saí asneira, mas acerta muito mais vezes.
Felipe Menezes - 5 - Uma surpresa na equipa inicial, revelou algum nervosismo mas integrou bem a forma de jogar da equipa.
Cardozo - 6 - O matador corresponde bem ao caudal ofensivo da equipa, mais um para a sua conta pessoal.
Nuno Gomes - 8 - O grande capitão voltou à titularidade e, realizou uma grande exibição, um golo e uma assistência e, um grande trabalho como pivot ofensivo.
Fábio Coentrão - 4 - Desta feita não trouxe o aditivo habitual à equipa, apenas dois rasgos de assinalar.
Saviola - 4 - Poucas intervenções mas sempre acertadas.
Ruben Amorim - 4 - Sacrificou-se a lateral, compensando um esgotado Maxi, sem espinhas.

Uma última nota de destaque. No final do jogo JJ, foi a correr atrás de Ruben Amorim que se escapara para o balneário, exigindo a este que fosse agradecer o apoio dos adeptos e, ele teve de voltar. Excelente.

domingo, 13 de setembro de 2009

Belenenses 0 - Benfica 4



Finalmente volta a 1ª Liga, após o "desastre" da selecção de nós todos, para ver se a malta se anima um bocado.
Com um jogo muito bem jogado, mais uma exibição de qualidade, o nosso Benfica conseguiu mais uma vitoria, com mais um resultado concludente, sem sofrer golos (vamos ver se a equipa vai mesmo conseguir o tecto máximo de 20 golos sofridos como Jorge Jesus quer) e sem dar hipóteses a um belenenses que até o 3º golo se bateu, mas baixando os braços logo a seguir.
Com uma segunda parte excelente, com três golos, e uma raça tremenda que não se vê nos glorioso há muitos anos.
Um aspecto que evidencia esta equipa, e que penso que todos os adeptos gostam, é a de nunca desistir, a equipa marca 2, 3 golos, e não desiste, vai tentar marcar mais, imagem de marca de Jorge Jesus.
Mais 3 pontos, o que nos leva a crer que poderemos lutar pelo lugar da Glória este ano, e acabar com a hegemonia dos Azuis e Brancos.


Quim - 8 - Com algum trabalho, com 3 boas defesas, e boas saídas à bola.
Ruben Amorim - 8 - A fazer mais uma das exibições a que nos habituou, efectivo na defesa, e determinado no ataque.
Luisão (cap) - 7 - Seguro, efectivo, o nosso "líder" da defesa, mais uma boa exibição.
David Luiz - 8 - Fez uma excelente exibição, a afirmar-se como certeza no centro da defesa.
César Peixoto - 6 - Muito lento, sem entrosamento com o resto da equipa.
Javi Garcia - 9 - Muito discreto, eficiente, eficaz, a fazer esquecer Katsouranis, a facturar pela segunda vez no campeonato.
Ramires - 8 - A confirmar o estatuto de "craque", um grande centro-campista, e mais um golo.
Aimar - 7 - O nosso "craque", só faltou o golo, a distribuir muitas bolas no ataque.
Di María - 7 - Algo inconstante, sendo este um dos jogos SIM, com uma boa exibição.
Saviola - 10 - Claramente o melhor em campo, marcou e deu a marcar sem nunca deixar de mostrar "raça".
Cardozo - 6 - Muito discreto, e algo "adormecido", valeu pelo golo marcado.
Keirrison - 5 - Entrou algo adormecido, sem demonstrar grandes pormenores.
Fabio Coentrão - 7 - Apesar de só entrar a 25 min. do final, subiu muito bem pela lateral.
Maxi Pereira - 5 - A entrar a alguns minutos do fim, sem aspectos relevantes, valeu pela recuperação rápida, e total devoção á camisola do Benfica.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Benfica 3 - Celtic 1

Em Toronto, no Canadá, o Glorioso arrecadou mais um troféu para a sua vitrina, a CNE Cup, num início de temporada sem paralelo, 5 conquistas noutras tantas possibilidades. O jogo surgiu numa altura de compromissos das selecções, que desfalcou desde logo as equipas, Jorge Jesus aproveitou para rodar os menos utilizados e integrar alguns juniores na equipa. A exibição da equipa foi muito agradável e veio confirmar que os principios de jogo estão assimilados, JJ tem passado bem a sua mensagem e os jogadores tem-na interpretado. Sem que houvesse dúvidas quanto ao vencedor, tal a superioridade do Benfica, apenas os 10 minutos iniciais da 2ª parte o Celtic incomodou o último reduto encarnado. Destaco as boas exibições dos juniores Roderick, Nelson Oliveira e Ruben Pinto, com este último a apontar um dos golos, com Keirrison a abrir o marcador e Saviola a fechar e, o endiabrado Di Maria que comandou o jogo ofensivo da equipa. Alinharam;
Júlio César, Luis Filipe( Ruben Amorim'20 )( Tiago Ribeiro'90 ), Roderick, Sidnei, Shaffer, Javi Garcia( David Luiz'55 ), César Peixoto, Di Maria«cap», Ruben Pinto( Diogo Figueiras'82 ), Keirrison, Nelson Oliveira( Saviola'63 )

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Felipe Menezes

O Benfica apresentou ontem um reforço de última hora, o brasileiro Felipe Menezes, tornou-se no 11º reforço do plantel. Jovem e com talento, é uma aposta de futuro assumida pelo projecto de futebol da SAD encarnada, com um custo a rondar os 1,1 milhões de euros. Médio de ataque capaz de fazer as posições 10, 7 ou 11, segundo JJ, esperamos que traga muitas alegrias ao clube.

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Benfica 8 - Vit.Setúbal 1

Noite das antigas, uma goleada fantástica de uma equipa gloriosa, cheia de talento e que promete nos dar muitas mais noites destas.
Foi um jogo só de um sentido, muito por culpa dos encarnados que imprimiram uma velocidade muito superior à dos vitorianos, conseguindo abrir inúmeras brechas no último reduto sadino. O futebol que Jorge Jesus tem procurado implementar no clube, viu hoje a sua marca bem registada, rápidas transições, pressão alta sobre a bola e o talento à solta. Foi delicioso assistir ao fino recorte técnico que alguns jogadores do Benfica exibiram esta noite, com especial evidência para o golo de Pablito, fruto de uma jogada genial. De salientar a constante intervenção do treinador, procurando que os jogadores não adormecessem na sombra do resultado.

Quim - 5 - Uma noite tranquilissima, borrando a pintura no último minuto com uma saída extemporânea dos postes,
Ruben Amorim - 6 - Sem trabalho defensivo, procurou integrar a manobra ofensiva da equipa, está a jogar em sacrifício táctico,
Luisão - 8 - Um verdadeiro patrão, intervindo sempre com acerto e no local certo, contribuiu com um golo para a goleada,
David Luiz - 6 - É muito mais exuberante que o seu colega de defesa, quase sempre eficaz insiste em cometer excessos exibicionistas,
Shaffer - 5 - Num jogo tão tranquilo e de tendência ofensiva era de esperar ver o argentino mais adiantado, não aconteceu,
Javi Garcia - 7 - É um jogador suporte para tanto talento que coabita ao seu lado, por vezes não é bonito a jogar mas é eficaz, um golo,
Ramires - 8 - O brasileiro caminha a passos largos para ser uma grande refência nesta equipa, a eficácia do seu jogo é fenomenal, já agora mais um golo,
Di Maria - 7 - A irreverência do argentino, este ano, vem se sobrepondo à inconsequência do seu futebol, a crescer muito a sua importância,
Aimar - 9 - O mago dos relvados brindou-nos com o perfume do seu futebol, coordenou com mestria o jogo, marcando um golo fabuloso,
Cardozo - 9 - Hattrick, palavras para que, o artilheiro paraguaio continua a facturar e desta feita não falhou a penalidade,
Saviola - 8 - Pareceu que esta noite queira contribuir com algo para a equipa, faltou o golo mas produziu algumas jogadas de fino recorte,
César Peixoto - 4 - Foi testado a lateral esquerdo, não trouxe nada de novo ao jogo,
Fábio Coentrão - 6 - Entrou bem no jogo, continuando a dar velocidade ao jogo encarnado,
Nuno Gomes - 6 - O grande capitão marcou um grande golo no pouco tempo em campo,

Depois de uma noite assim a euforia é grande, ainda não ganhamos nada, mas que importa, uma goleada assim é para comemorar, NINGUÉM PARÁ O BENFICA.


sexta-feira, 28 de agosto de 2009

V. Poltava 2 - S.L. Benfica 1

Depois de um surpreendente resultado de quatro a zero na primeira mão, era com alguma espectativa ver o que é que Jesus iria "inventer" para o jogo desta ronda.Como é habitual nestas situações,o nosso treinador aproveitou para fazer descançar Pablo "porcelana"Aimar e experimentar novos jogadores e novas posições.Durante quase toda a primeira parte o benfica dominou o campo de jogo em que Moreira só foi incomodado em remates de longe ou de livre,existiu tambem uma boa rapidez na organização do contra ataque,é de salientar as oportunidades perdidas quer por Keirrison aos 20 minutos quer por Cesar Peixoto aos 31 e aos 37.Na segunda parte o Poltava melhorou em termos defensivos o que permitiu uma maior pressão ofensiva ao Benfica.O Benfica que na primeira parte revelou uma falta eficacia ofensiva (que é cronica),na segunad parte revelou uns erros defensivos que os ucranianos não se fizeram rogados e aproveiram para salvar a "honra do Convento".Logo no inicio da segunda parte, uma mal calculada saida de Moreira a um cruzamento de Kulakov,permitiu o golo ao Sachko.O Benfica soube reagir e,12 minutos depois, apos livre executado por Cesar Peixoto , Saviola coloca a bola no fundo das redes.Restabelecendo o empate e a justiça no jogo.Mas apesar das substituições,entraram Di Maria e Ruben Amorim,o Benfica não conseguim ganhar vantagem no marcador e o Poltava aproveitou mais uma vez, alguma fragilidade defensiva e aos 73 minutos marca o segundo golo e fecha o jogo.Apesar do resultado, foi um bom jogo para Jesus experimentar e validar soluções para a equipa.
Moreira-5- a monotomia e falta de trabalho na primeira parte fizeram-lhe mal na segunda parte,ficou muito mal na fotografia do primeiro golo.já no segundo golo nada podia fazer.
Luís Filipe-6- esteve bem na primeira parte mas ,na segunda parte borrou a pintura e uma falha permitiu o segundo golo do poltava
Luisão- 6- nada a declarar,primeira parte descansada e segunda parte nem tanto
Sidnei-6-primeira parte sem macula,na segunde parte desacertos com luis filipe resultaram em sustos
David Luiz-6-se na primeira parte os ucranianos não tiveram abebias, na segunda parte ja foi diferente
Javi Garcia-7-travou bem o ataque ucraniano
Ramirez-6-baixou o ritmo do jogo anterir,cumpriu
Fábio Coentrão -7- continua a ser um dos melhores da equipa,pressionou,roubou bolas,marcou um livre que ia dando em golo.Só foi pena a bateria duracel só ter durado 60 minutos
Cesar Peixoto-7- para uma estreia não jogou mal e, demonstrou que esta para discutir a titulariedade
Nuno Gomes-7-O nosso Nuno voltou e, foram uns 45 minutos de bom jogo com um lance a isolar cesar que não aprovetou
Keirrison -6-esteve perto de inaugurar o marcador mas.... ainda anda com as fraldas coladas ao rabo e , o futebol na europa é tao diferente do futebol brasileiro
Di "ferrari" Maria- 6-substitui Coentrão e fez uns arranques sem grandes consequencias.Apenas para impor respeito ao Poltava
Rubem amorim -7-para asegurar o respeito
Saviola-8- melhor em campo, marcou o golo

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Vitória Guimarães 0-1 SL Benfica

1ª Vitória no campeonato, num jogo em que o Glorioso esteve longe de jogar ao nível que nos começa a habituar.
Na última semana a equipa jogou bastante bem contra o Maritimo e o Poltava, e talvez por isso esperavasse que a equipa apresentasse em Guimarães um futebol agradavel, mas acabou por não acontecer. A equipa apresentou-se um pouco cansada e se na 1ª parte a equipa ainda conseguiu criar alguns lances de perigo, na 2ª parte e com mais um homem a equipa não conseguiu chegar com grande perigo a área adversária, acabando mesmo por as melhores oportunidades pertencerem ao Vitória, com Targino a ser o homem mais perigoso.
Valeu neste jogo o crer e a cabeça de Ramires para evitar novo empate. A equipa acabou por ganhar jogando menos bem, do que jogou com o Maritimo, mas conseguiu vencer que é o que importa.

Quim - 6 - Esteve para complicar em 2 lances, acabou por não sofrer golos e evitou o golo de Sereno.
Ruben Amorim - 6 - Esteve bem, embora não seja a sua posição.
Luisão - 7 - Regular, seguro, é a voz de comando da equipa
David Luiz - 7 - Bom jogo, seguro e um corte providencial no final do jogo.
Shaffer - 6 - Regular, ainda falta alguma adaptação ao futebol europeu.
Javi Garcia - 6 - Regular, peca pela o excessivo contacto com os adversários, mas muito bom no equilibrio da equipa.
Ramires - 9 - Bom jogo, é de facto um guerreiro e demonstrou ontem que quando tiver mais adaptado ao futebol europeu poderá ser preponderante neste Benfica.
Aimar - 6 - Regular, pareceu-me um pouco cansado, e talvez por isso tenha perdido a melhor oportunidade de golo do Benfica em todo o jogo.
Di Maria - 6 - Esforçado, começa a perder um pouco o fulgor apresentado na pré epoca mas é dos jogadores mais inconformados.
Saviola - 5 - Fraco, ainda não deslumbrou, é bom que demonstre mais futebol ou arriscasse a ser preterido.
Cardozo - 4 - Fraco, voltou a falhar um penalty, numa semana falha 2 penaltys decisivos, e para além disso não demonstrou nada.
Keirrison - 4 - Entrou a substituir o Saviola mas pouco mostrou.
Fábio Coentrão - 7 - Novamente a assistir para o golo de Ramires, para além disso uma exibição esforçada. Penso que este ano será o ano dele.
Nuno Gomes - 3 - Entrou no final do jogo pouco há a dizer.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Benfica 4 - Poltava 0

Após uma certa hesitação inicial, fruto do desconhecimento do real valor adversário, o Benfica embalou para uma exibição tranquila, completamente dominadora e de pendor declaradamente ofensivo. O resultado fala por si e, muito dificilmente, o Glorioso não marcará presença na fase de grupos da Liga Europa. Individualmente.

Quim - 6 - Uma noite sem grandes sobressaltos,
Ruben Amorim - 6 - Não sabe jogar mal,
Luisão - 6 - A eficácia que se conhece,
David Luiz - 7 - Excelente tempo de entrada aos lances,
Shaffer - 7 - Compensa o desacerto defensivo com cruzamentos fabulosos,
Javi Garcia - 6 - O seu trabalho invisível é fantástico,
Fábio Coentrão - 8 - O novo Coentrão faz maravilhas,
Di Maria - 9 - Outra transformação às mãos de JJ,
Aimar - 8 - Não sabe jogar mal, por isso, sai arte dos seus pés,
Saviola - 7 - El Conejo é um regalo ver jogar,
Cardozo - 6 - Apesar do seu Killer Instinct não estar apurado, somou um golo,
Weldon - 6 - Poucos minutos e novo golo, começa a ser talismã,
Ramires - 4 - À procura de entrosamento,
César Peixoto - 3 - Alguns minutos para tomar o pulso.


terça-feira, 18 de agosto de 2009

Benfica 1 - 1 Marítimo

Fui um dos 54.000 privilegiados a poder assistir no estádio ao primeiro jogo do Glorioso, e saí de lá com uma sabor agridoce na boca, e porquê? Se por um lado o Benfas fez uma exibição muito boa, com muitas trocas de bola, algo a que os jogadores de Jesus nos vêm habituando, por outro lado, muitas oportunidades falhadas (também por culpa do Pessanha que se fartou de defender) e aquele penalti falhado foram os aspectos mais negativos.
Algo que me fez muita confusão foi ver uma equipa montada por Carlos Carvalhal, que nos tem habituado a muito melhor, fazer tanto anti-jogo, uma equipa a defender constantemente, não atrás da linha da bola, mas atrás da linha de meio campo, subindo apenas esporadicamente.
O domínio do jogo, foi claramente do Benfica, expresso pelas percentagens de posse de bola no final do jogo, um tremendo 75% - 25% a favor do Glorioso.
O empate soube a muito pouco, mas se o Marítimo tem vindo á Luz jogar abertamente, o resultado concerteza seria outro.
Da arbitragem não vou sequer falar, pois este arbitro (Artur Soares Dias) já nos prejudicou em outras ocasiões, e concerteza esta não será a única, por isso assim me fico.
Irei dar agora uma pontuação (0 a 10)(nova pratica para esta época) a todos os jogadores do Benfas, de acordo com a minha visão do jogo.
Se discordarem, é favor comentar.

Quim - 6 - Esteve muito desaparecido, sem trabalho durante o jogo
Ruben Amorim - 7 - Cumpriu bem, apesar de ser lateral "adaptado"
Sidnei - 6 - Comprometeu algumas vezes, mas sem prejudicar a equipa
Luisão - 8 -Bom jogo, muito seguro, até a dobrar Sidnei e David Luiz
David Luiz - 4 - Mau jogo, não conseguiu acertar nos cruzamentos, e muito lento a regressar á defesa.
Javi Garcia - 7 - Muito discreto, mas eficaz a destruir no meio campo e em sintonia com Aimar.
Carlos Martins - 5 - Apesar de sair lesionado aos 18 min, nunca chegou a aparecer no jogo.
Aimar - 8 - Bom jogo, em muito bom momento de forma, fez mais alguns dos seus passes a que nos habituou com grande entendimento com Garcia e excelente distribuição para o ataque.
Di Maria - 6 - Um pouco apagado, sem espaço para correr pelas laterais, e a acusar um pouco a pressão das boas exibições da pré época
Saviola - 8 - Muito bom jogo, sempre rápido, a fugir ás marcações e com uma grande perdida frente a Pessanha.
Cardozo - 6 - Muito lento, foi muito prejudicado pela forte marcação dos dois centrais do Marítimo, sempre em cima dele quando recebia a bola. Nem vou falar do Penalti.
Fábio Coentrão - 10 - Para mim, o Homem do jogo. Entrou a substituir Carlos Martins, com muita garra, muita vontade, tanto a atacar como a defender, e na dobra a David Luiz. A ter em atenção para o resto da época.
Nuno Gomes - 5 - Entrou a 5 minutos do final, sem aparecer muito.
Weldon - 9 - Mais uma vez, entra e marca Golo, dos 20 minutos que esteve em campo, sempre com vontade de ir á bola, sempre em desmarcação, e o nosso salvador, ao marcar o Golo do Empate.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

César Peixoto


Aos 29 anos, César Peixoto chega ao Benfica para relançar a carreira ao mais alto nível. Com uma passagem bem sucedida na cidade dos arcebispos, valendo a chamada à selecção nacional, vem numa perspectiva de polivalência procurando ser útil no plantel. O nono reforço encarnado, que custará 400 mil euros e assina por 3 épocas, poderá fazer 3 posições em campo. Com a chegada de Peixoto, o plantel fica assim fechado, desejo a maior sorte do mundo.

domingo, 9 de agosto de 2009

SL Benfica 1-1 AC Milan (5-4 g.p.)

Final de tarde de Sábado muito animada, o entusiasmo era visível nos rosto dos adeptos benfiquistas, o estádio estava cheio e a equipa benfiquista cheia de vontade de corresponder a confiança que os adeptos começam a demonstrar.
Começa o jogo e o Benfica entra a todo o gás primeiro por Ramires, depois por Saviola, depois novamente Ramires, a equipa entra muito bem no jogo, querendo ressuscitar a mítica "Entrada à Benfica", que ficou celebre durante anos no antigo estádio da Luz.
Foi de facto uma entrada à Benfica, com muita dinâmica, a pressionar muito alto, com muita garra e principalmente com muita personalidade, demonstrando que já existe o dedo de Jorge Jesus nesta equipa.
Na 1ª parte o Benfica dominou o jogo e por algumas vezes o golo esteve perto, onde Cardozo demonstrou ser o homem mais perigoso.
Na 2ª parte foi mais do mesmo e não foi surpresa quando Cardozo marcou depois de um excelente cruzamento de Shaffer. Nesta fase o Benfica estava em crescendo e se JJ não decidisse substituir alguns jogadores acredito que poderíamos voltar a marcar. Mas embora o Benfica tenha alterado algumas peças a equipa continuou com a dinâmica e por algumas vezes logrou chegar com perigo a área contrária.
Nos últimos minutos e depois de praticamente de 80m sem grandes oportunidades de golo, o AC Milan marca num auto-golo de Sidnei, onde Patric fica muito mal na fotografia, e demonstrando claramente que ainda não é opção para o lado direito.
Depois vieram os penaltys e ai só tenho uma coisa a dizer QUIM, Obrigado. Continuo a não perceber esta relação que os adeptos tem com Quim, um guarda redes que tudo tem dado pelo clube, que foi muito importante quando fomos campeões pela última vez, depois de Moreira ter encaixado 4 em Belém.
E se neste jogo vimos um Benfica com uma equipa recheada de jovens jogadores, que praticamente ainda não ganharam nada, no AC Milan vimos uma equipa recheada de ex-campeões europeus e do mundo de clubes e de selecções.
É verdade que o Milan não veio com a equipa completa, faltam algumas peças importantes, mas o seu nome impõe um respeito tremendo e só por esse facto, devemos enaltecer a grande exibição que o Benfica realizou, ficando apenas manchada pelo auto-golo de Sidnei, se não fosse isso teria sido uma exibição perfeita.
Agora é certo que na pré-época não se ganham pontos e que a partir de agora é que as coisas começam a doer, mas 4 títulos em outros tantos torneios, 7 vitórias, 2 empates e 1 derrota, e várias exibições de grande nível, deixam para já a ilusão de podermos realizar uma grande temporada.
A qualidade de facto deste ano é muito grande o plantel dá garantias de uma época risonha. Oxalá não existam forças exteriores a pararem este BENFICA. Este ano penso que o Benfica será digno da expressão "NINGUÉM PÁRA O BENFICA!".

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Análise ao Plantel

O Benfica esta época inicia um novo ciclo, com um treinador novo, com várias caras novas, novas metodologias de treino e uma nova táctica. Pois bem para já e independente de todas as contratações que foram feitas, na minha opinião contratamos um excelente treinador, que embora em não tenha nenhum título conquistado, deixou sempre bom trabalho pelas equipas por onde passou.
Normalmente na maioria das pré-épocas assistimos a um Benfica sempre com muita vontade, cheios de garra e normalmente o entusiasmo dos adeptos, era também ele sempre elevado nesta fase da época. Sou sincero que eu era um deles, mas se nos outros anos por vezes chegava ao final da pré-época já dizia, “bom, para o ano é que vai ser”, este ano atrevo-me a dizer que iremos lutar até ao final da época pelo título.
Há muito tempo que eu não via o Benfica jogar um futebol tão bonito e entusiasmante quanto aquele que neste momento estão a jogar.
Agora vejamos, neste momento temos 4 Guarda-redes, Moreira e Júlio César estão garantidos no plantel, enquanto Quim e Moretto, lutam pela última vaga. Na minha opinião, Quim deveria ficar no plantel, é português, já está no plantel á algum tempo e é um jogador experiente.
Nas laterais, temos Maxi, que infelizmente lesionou-se no torneio Cidade Guimaraes, parece ser a solução mais segura para a ala direita, excelente na entrega, muito lutador, nunca desiste dos lances, Patric será a alternativa ao Maxi, mas nesta fase parece-me muito verde para as exigências do clube, Shaffer, parece um pouco como o Maxi, muito lutador, é um lateral muito ofensivo e quando defender da mesma maneira que ataca poderá ser um dos melhores laterais do campeonato.
Para centrais, Luisão e David Luíz parecem para já ter ganho a corrida, é de facto uma dupla muito boa, Luisão é a voz de comando da equipa, o patrão, é essencial que o Benfica não o venda, quanto ao David Luíz creio que após duas épocas com algumas lesões, este será o ano da confirmação do seu valor. Como alternativas temos o Sidnei, até ao momento pouco mostrou, mas a avaliar pela época passada, temos um suplente de luxo. Miguel Vitor, tenho pena que este jogador seja a 4ª opção para a defesa, mas julgo que irá ter muitas oportunidades para mostrar o seu valor.
Como trincos ou médios defensivos, temos Yebda e Javi Garcia, se o primeiro nós já conhecíamos e sabemos que é um óptimo jogador, Javi Garcia é um incógnita muito grande, principalmente porque o investimento foi enorme, como tal terá que demonstrar o porque da sua contratação. Para já parece-me ser um excelente jogador e terá agarrado o lugar.
Como médios interiores, Di Maria e Fábio Coentrão, ocuparão a ala esquerda, enquanto Ruben Amorim e Ramires, ocupam a ala direita. Este ano com a nova táctica a posição dos médios alas, passam a jogar mais perto do centro, apoiando mais a zona central do terreno. Para já o destaque vai para Di Maria que tem encantado os adeptos com as suas explosões no meio campo, este miúdo corre que se farta e espero que este seja o ano da confirmação. Fábio Coentrão também veio diferente parece mais maduro, e será uma óptima concorrência a Di Maria. Ruben Amorim, já nós conhecemos, é um jogador sempre muito regular, e de grande utilidade pois faz também a posição de trinco. Quanto a Ramires do pouco que se viu, é um jogador muito atlético, que corre muito, joga fácil, que sabe o que fazer a bola, muito bom. Penso que este meio campo tem a explosão e velocidade do lado esquerdo e o equilíbrio e a serenidade do lado direito.
Médio Ofensivos, Pablo Aimar e Carlos Martins são as opções, no ano passado consideraram um flop a contratação do P. Aimar, mas pelo que tenho visto neste inicio de época, creio que temos um jogador renascido, com muita magia nos pés, que faz sonhar os adeptos numa grande época. Espero que as lesões não apoquentem. Quanto ao Carlos Martins, é de facto um bom jogador mas por vezes o último passe não sai bem, de resto a sua entrega e vontade é o seu ponto forte.
No ataque existem soluções para todos os gostos, para já Cardozo e Saviola tem sido a dupla mais utilizada e aquela que demonstra mais entrosamento. Saviola é de facto uma excelente contratação, julgo que irá ser fulcral neste Benfica. Cardozo dispensa apresentações, depois temos Weldon e Keirrison com as alternativas mais prováveis, e ainda Nuno Gomes e Mantorras, que penso que terão poucas oportunidades, mas que serão de extrema importância no balneário do Benfica. Para já tenho gostado bastante de Weldon, jogador que apesar de não ter muita técnica sabe aquilo que o treinador quer, quanto ao Keirrison ainda não mostrou muito, mas as suas estatísticas são o seu cartão-de-visita.
Não falei de Urreta porque parece-me que irá ser emprestado, na minha opinião penso que será a melhor opção, está época irá ter muito poucas oportunidades para jogar e os seus 19 anos exigem minutos nas pernas.
Queria ainda falar dos jogadores excedentários que o clube tem neste momento, falta colocar um GR, que ainda não sei qual será, Adu, Makukula, Zoro, Binya, Luís Filipe, Andrés Diaz, Edcarlos, Marcel e mais alguns jogadores formados no clube que foram emprestados. Penso que de todos estes jogadores era importante não perder Adu, todos os outros deveria ser vendidos em especial Zoro, que é um dos jogadores mais bem pagos do plantel.
De resto temos plantel para atacar o título e vencer as provas nacionais, bem como ir até aos quartos de final da Liga Europa, obviamente dependerá um pouco dos sorteios.
NINGUÉM PÁRA O BENFICA

domingo, 2 de agosto de 2009

Benfica 2 - V.Guimarães 0

Após mais uma vitória e uma boa exibição, o Benfica conquistou a tripleta ( Guadiana, Amesterdão e Guimarães ), transformando esta pré-temporada num sucesso sem precedentes. Começa a ser difícil, descrever o que se passa sem que se entre num eufurismo natural. As exibições são convincentes, no caso de hoje, perante uma equipa com mais descanso, apresentamos uma equipa renovada com uma especie de 2ª linha ( não gosto de usar este termo, por que considero todos importantes ), a equipa exibiu todas as ideias de Jorge Jesus, impondo o seu futebol ao adversário. É fantástico ver toda a equipa em movimento, quer em posse da bola, quer na procura da bola e, julgo eu, ser a grande diferença no futebol do Benfica este ano. Outra melhoria substancial é, a qualidade de posse de bola, com a equipa a crer ter bola, construindo e reconstruindo os ataques, dando criatividade nos desenhos dos lances, bem representado nas jogadas dos golos encarnados.
É certo que o que conta é os jogos a sério mas, o Glorioso, está no rumo certo e esta dinâmica criada haverá de dar muitas alegrias esta época.